Decisão de ministro do STF pode desencadear nova paralisação dos caminhoneiros

07/11/2018

Em nota, a Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), afirmou, nesta sexta-feira (7), que é contra uma nova paralisação da categoria, mas que não vai se opor caso a base delibere por um novo movimento.

Segundo a associação, a situação está insustentável e não se sabe até quando será possível conter a categoria e evitar uma nova paralisação. A Abcam é uma das entidades representativas dos caminhoneiros e informa ter 600 mil motoristas em sua base.

Na nota, a entidade se diz "perplexa" com a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux de suspender a aplicação de multa pelo descumprimento do piso mínimo do frete rodoviário. Ele tomou essa decisão na noite da quinta-feira (6), atendendo a pedido da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Em contato feito com o presidente da Acavi (Associação dos Caminhoneiros do Vale do Itapocu), Kelvin Kristofolini, ele comentou que já existem pontos de paralisação pelo Brasil.

"Está acontecendo alguns pontos de manifestação no país. Na Via Dutra em Barra Mansa e na BR-116 na Bahia já são pontos com caminhões parados. Até o momento não vamos aderirar. Vamos esperar até quarta-feira (12) a decisão da AGU sobre a liminar do Ministro Luiz Fux. Dependendo a decisão de quarta-feira, podemos aderir também a paralisação!"

0 Comentários

Adicione um comentário

Aplicativos


 Locutor no Ar

Radio Alpha

Alpha Mix

00:00 - 23:59

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!


Anunciantes